Era no interior de Goiás, onde o gado pastava, onde a poeira cobria a estrada de chão
Onde o João-de-Barro a sua casa fazia e a seca de Agosto a solidão lhe trazia
Momentos difíceis passei
E o sonho pareciam cada vez mais irreal
Mas Deus já estava pra agir
E algo novo em minha vida iria acontecer

E um casal que em minha humilde casa se hospedou
Pastor Oides, Pastora Neusa pra capital me chamou

Deixei minha terra, Deixei o meu Sertão
Pra morar na cidade e tocar meu violão
Às vezes tenho saudade, lembro das tardes em que o Sol se escondia
Mas hoje vivo as promessas que Deus me fez ainda na infância

(volta "E um casal que em minha humilde..." e repete o refrão 2x)

Vídeo incorreto?