Verão parisiense


Descendo alguma rua de paralelepípedos
O som da água aproxima-se dos meus pés
Eu a encontro

Cem mil flashes atingem minha mente
Assim que meus braços a envolvem

Nós nos deitamos e deixamos que nosso coração crie asas
e voe através do Sena
Amor veio para nós do céu
fingindo ser chuva

Ooh, Verão Parisiense

Parada em alguma rua de paralelepípedos
O som da água aproxima-se dos meus pés
Ele me encontrou

Eu tirei a aliança da minha mão
Antes que ele me envolvesse em seus braços

Eu vivi minha mentira e sonhei os sonhos dele
E me deitei além do Sena
Quando deixei cair as lágrimas que chorei ele pensou que era apenas a chuva

Oooh, Verão Parisiense

Descendo alguma rua de paralelepípedos
O som da água aproxima-se dos meus pés
Eu a encontrei

Eu tirei a aliança da minha mão
Antes eu a envolvesse em meus braços

Nós nos deitamos e deixamos que nosso coração criasse asas
e voasse através do Sena
Quando deixei cair as lágrimas que ela chorou
Ele pensou que era apenas a chuva

Oooh, Verão Parisiense